Após séculos de uma lenta, porém agressiva, expansão, a influência de um tirano cresceu.

Seus seguidores não encontraram problemas em seguir seus ideais. Serem fortes, dominarem os mais fracos. Serem reconhecidos, respeitados e adorador por sua “supremacia”.

Essa linha de pensamento abre portas para todo tipo de abuso. Escravidão, assassinatos e estupros. A influência e o poder crescem, mas deixando um rastro de rancor atrás de si.

Agora, o tirano é soberano. Lidera seus iguais. Seu ponto de vista pode ser considerado o principal do mundo. Ele nada teme, nada o ameaça.

É hora de terminar com isso. Chegou o tempo da liberdade.

Os elfos foram os que mais sofreram com tal ascenção. Foram pegos desunidos e despreparados após serem massacrados por uma aliança obscura. Sua deusa desistiu de seu posto, buscando vingança. Vendeu-se ao Tirano.
Seus seguidores abandonaram as esperanças logo em seguida.

Mas não todos.

Existe alguém disposto a erguer-se e, contra todas as probabilidades, lutar contra o destino. Há muito ele não se aventura, mas, ao lado de seus antigos companheiros, a luz da esperança brilhará novamente.

Com a silhueta de um lobo.

Quatro aventureiros. Contra um tirano.

Quatro amigos.

Contra um Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s